domingo, 1 de maio de 2016

Bullet Journal: O que é e como foi minha experiência com ele.


Constantemente eu tenho falado aqui, que uma das minhas maiores dificuldades é a organização. E eu tenho feito algumas mudanças de hábito que estão me ajudando com isso. Além da utilização de ferramentas para me organizar na realização das minhas tarefas. 


Nas minhas aventuras na internet conheci o Bullet Journal através da Maki do Desancorando, inclusive ela escreveu esse post incrível essa semana e decidi experimentar após pesquisar um pouco mais sobre o assunto. Vou contar para vocês rapidinho o que é o BuJo e como você pode fazer um também, além é claro de dividir as lições aprendidas nesse primeiro mês com ele.


O que é o Bullet Journal?

O Bullet Journal é um método de organização baseado no conceito de rapid logging, que seria você anotar suas tarefas como uma lista, de forma rápida e simples. E para isso você usa os bullets, que são os símbolos para identificar que tipo de atividade é aquela. Essa técnica foi criada pelo Ryder Carroll e é bem simples.

Você precisa de um caderno e uma caneta para ter seu Bullet Journal, e embora ele seja personalizável, existem algumas regrinhas para que ele funcione:


  • Como a idéia é que você centralize suas tarefas e planejamentos no Bullet Journal, você precisa ter um índice (ou index) para saber onde está cada coisa, então é importante numerar as páginas.
  • Tenha títulos para as páginas. Assim você pode inserí-las no índice e saber exatamente o que tem ali.
  • Você precisa montar uma página com uma legenda para os bullets (ou Key), pois existe um conjunto de símbolos criados pelo Ryder Carroll, mas se você precisar de outros, pode criar, você apenas tem que saber para que servem, então isso vai para a página de legenda.
De acordo com Ryder Carroll, esses são os Bullets que você precisa utilizar no seu BuJo:

• Tarefa
‹ Tarefa Remarcada no mês
› Tarefa adiada para o mês seguinte
x Tarefa Cancelada   
o Compromisso / Evento
_ Nota / Idéia / Pensamento, tudo aquilo que você precisa lembrar...
* Importante
! Inspiração
etc.

Mas você pode criar os seus personalizados, eu, por exemplo uso bullets personalizados.



O site oficial do Bullet Journal, traz uma explicação de como começar o seu próprio Bullet Journal, está em inglês, mas ele também tem um vídeo que está bem explicadinho e fácil de aprender.



Veja que ele pede um Future Log que sao entradas para o futuro. Onde você pode já ir anotando compromissos e tarefas que só serão realizadas em outros meses, para não perder a informação. Depois você precisa de uma Entrada Mensal, onde vai enxergar todo o seu mês. Mesmo antes de planejar aquele dia específico. E por último as entradas diárias onde você vai anotando dia a dia as suas tarefas.

O restante é personalizar de acordo com as suas necessidades. 

Se você entrar no Pinterest vai encontrar uma infinidade de idéias de como personalizar seu Bullet Journal, mas lembre-se que ele deve te ajudar a se organizar antes de qualquer coisa, e se ele te ajudar e melhorar sua produtividade, ele já cumpriu seu papel!


Como montei o meu Bullet Journal?

A maioria dos BuJos que você vai encontrar por aí na internet estão em cadernos de folhas quadriculadas, o que facilita muito, tanto para desenhar tabelas quanto para inserir os bullets. Mas como eu estava testando a ferramenta, decidi usar um caderno que ganhei da empresa ano passado e tinha um bom tamanho e capa dura. Achei adequado, além de me impedir de gastar comprando um caderno para algo que eu ainda não sabia se funcionaria para mim.

Conheci o BuJo no fim de março e decidi que começaria em abril. Então fiquei alguns dias buscando inspirações e planejando o que eu queria colocar no BuJo.

Esqueci da Legenda de cara, então encaixei ela antes do Índice rs. Ficou assim:


  • Legenda
  • Índice
  • Future Log (que eu chamei de Para o Futuro)
  • Tabela de Turno (minha escala do trabalho do ano todo)
  • Monthly Log - Abril, colei um calendário do mês que peguei no Blooming Homestead.
  • Habit Tracker (fiz uma tabela no Excel)
  • Finanças
  • Metas do Mês
  • Great Memories
  • Daily Logs (entradas diárias)
  • Toda vez que uma semana acabava eu senti necessidade de um planejamento da semana seguinte então ia colocando essas entradas no fim de cada semana.


O que aprendi com o Bullet Journal?

O Bullet Journal me ajudou a definir minhas prioridades. Me ajudou a entender que não adiantava eu fazer um milhão de planos para um dia em que eu tinha que trabalhar a tarde e provavelmente acordaria tarde naquele dia. Eu não iria fazer mesmo! No começo fiquei remarcando as tarefas, e ainda aos poucos fui aprendendo a dividir as coisas durante a semana (ai a importância de fazer uma lista com coisas que eu queria fazer na semana para poder dividir entre os dias).

No final do mês eu passei por uns dias bem ruins, então eu dei uma super desanimada e ficou meio difícil usar o Bullet Journal porque eu não estava muito motivada, porém eu continuei fazendo tudo, só fui mais flexível e tentei não ficar me cobrando quando não conseguia fazer.

Eu nunca fui boa com planejamento de longo prazo, com o ano todo ali disposto eu consegui planejar alguns ítens da lista de 101 coisas em 1001 dias, aqueles que serão realizados periódicamente, então já sei quando tenho que fazer cada coisa! Então hoje eu consigo planejar algo para Dezembro, por exemplo! É mágico, porque eu só conseguia planejar algo para no máximo uma semana. Aos ítens da lista que se referiam a mudanças de habitos, coloquei os que queria fazer agora no Tracker e consigo controlar melhor.

No meio do caminho senti falta de algumas coisas e isso acabou dando trabalho porque eu ainda não aceitava a idéia de colocar páginas aleatórias no caderno, mas o índice está ai para isso, não é? Abril foi uma experiência teste para o BuJo, e eu vou sim continuar, tanto que já iniciei o de Maio. Alterei o que não estava muito bom e acrescentei algumas coisas...

Fiz uma página para colocar as idéias para o blog, já que em abril elas ficavam soltas nos dias ou nas semanas. Fiz também uma página para o planejamento da minha viagem e mudei o layout das entradas porque eu estava meio irritada de fazer bandeirinhas todos os dias, agora eu já faço tudo em uma tacada só. Coloco aquilo que quero fazer na semana enquanto já distribuo o que já tem data definida nos dias certinho. Assim achei mais fácil visualizar tudo. Agora só preciso ver se vou me adaptar assim... Caso não dê, eu mudo de novo! Sem crise.



Outra coisa é que consegui "casar" ele com o Google Keep, já que algumas vezes eu saio sem o caderno, então anoto no celular as coisas que não posso esquecer e assim vou me organizando.

Vocês já conheciam o BuJo? Gostaram do método? Vamos falar sobre isso!

Siga também por aqui: Facebook / Bloglovin / Pinterest / Instagram / We ♥ it

11 comentários:

  1. Menina, ADORO o seu blog! ♥

    Que post post mais completo! Já tinha visto alguma coisa sobre organizar a agenda por códigos (no livro Vida Organizada), mas nada tão completo e bem explicadinho como você fez aqui.
    Deu vontade de aproveitar o início do mês para começar a praticar esta técnica! :D

    Obrigada por compartilhar conosco essa maravilha!

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, acredita que eu estava insegura para escrever sobre essa técnica? Era muita informação e eu fazia questão das lições aprendidas hahaha.
      A Thais do Vida organizada postou recentemente sobre o Bullet Journal, ela deu uma palestra sobre ele, algo assim! Eu gostei bastante do método, mesmo porque você pode anotar uma idéia no meio do caderno, fazer um planejamento de algum projeto, se você olhar no Pinterest vai ver que o pessoal é bem criativo. No final do meu caderno tem uns rascunhos de layouts para as entradas, letras em hand lettering, etc hahahaha. Estou me adaptando ainda, devo postar mais sobre ele por aqui...

      Se você se animar e fizer, me conta, vou adorar saber...

      Beijão

      Excluir
  2. confesso que não conhecia, mas como eu sou a doida da organização eu vou tentar hahha, ainda mais com essa estética toda coloridinha, fica um amor!
    Seu blog é muito interessante, adorei as dicas, e você muito simpática!

    xoxo

    ResponderExcluir
  3. eu uso o one note do google pra me organizar, mas é sempre bom ter uma agenda por perto né, ficar dependendo sempre do celular nem sempre é bom, ruim mesmo é quando descarrega. :1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais interessante desse método é a possibilidade de personalização. Além de você poder anotar qualquer coisa no meio dos dias e não perder se utilizar o índice.

      Se testar me conta o que achou?
      Muito obrigada pelo carinho ♥
      Beijos

      Excluir
  4. Eu também sou péssima com organização, e comecei a desenvolver algumas técnicas.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara!
      O importante é encontrarmos algo que nos ajude, mesmo que seja um bloquinho de anotações! Se isso nos facilitar a vida já é a melhor técnica do mundo!
      Quais são suas técnicas?

      Beijão!

      Excluir
  5. Não conhecia a técnica e assim como você organização não é minha maior qualidade. Achei legal a ideia de como montar um método que facilite na hora de planejarmos aquilo que temos que fazer. Gostei de algumas dicas e vou tentar colocar na minha rotina e quem sabe futuramente eu consiga montar um bullet journal pra mim!

    Valeu por compartilhar a dica.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, eu estou gostanto bastante do método e por ser algo personalizável é simples para a adaptação.
      Quero saber como você vai aplicar isso no seu dia-a-dia e também caso monte um BuJo também! Volta aqui pra contar?

      Um beijo!

      Excluir
  6. Também tenho muita dificuldade em me organizar e gostei desse método, vou adotar para mim, assim que eu comprar um caderno pra mim kkk!

    http://cantinhodeleitura2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabel, tudo bem?
      Eu gostei muito do Bullet Journal, ainda estou me adaptando, mas ele é bem interessante para se planejar! Se adotar, volta pra contar como foi!

      Beijos

      Excluir

Você pode comentar mesmo sem possuir conta no Google, alterando para a melhor opção no menu "Comentar como:". Caso não possua uma conta à qual vincular, selecione a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando apenas com seu nome.

Use o bom senso para comentar, pois não serão aprovados comentários contendo mensagens agressivas, de baixo calão ou preconceituosas. Vamos manter uma blogosfera agradável.

Deixe o endereço do seu blog para que eu possa conhecer também!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...