Ontem




Ontem foi um dia daqueles em que tudo doeu. 
Cada centímetro do meu corpo, cada camada da pele. 
A cabeça doeu, 
o útero doeu, 
porque sendo mulher, as vezes acontece... 
Doeu cada fio de cabelo, cada pelo, cada unha.

Ontem doeu. 
Ontem foi um dia em que a vida doeu.
Ontem eu chorei. 
Eu senti um pedaço de mim se rasgar. 
Eu espero conseguir fazer um remendo decente dessa vez, 
pois não aguento mais as falhas que ficam quando a emenda não fica boa.

Ontem foi um daqueles dias em que eu me perdi 
e achei que nunca mais me encontraria. 
Em que eu perdi o controle, 
em que eu me deixei ser tomada por sentimentos que não me fazem bem. 

Mas eu sei que hoje

será um dia novo. 
E espero que seja um dia sem tanta dor.




Comentários

  1. Amiga, você também é poeta e estava escondendo o ouro?!
    Espero que tudo fique bem e que dias melhores cheguem!

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poeta, eu?
      Ai gente que linda, você!

      As coisas estão bem, é que as vezes a gente transborda.


      Já quero uma antologia com vocês!

      Um beijo,
      Line

      Excluir

Postar um comentário

Você pode comentar mesmo sem possuir conta no Google, alterando para a melhor opção no menu "Comentar como:". Caso não possua uma conta à qual vincular, selecione a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando apenas com seu nome.

Use o bom senso para comentar, pois não serão aprovados comentários contendo mensagens agressivas, de baixo calão ou preconceituosas. Vamos manter uma blogosfera agradável.

Deixe o endereço do seu blog para que eu possa conhecer também!