Escrever é uma ferramenta poderosa

Abro um rascunho aqui no blog, ou um arquivo no meu editor de textos e fico encarando a tela branca com a barrinha vertical piscando enquanto espero que todos os sentimentos jorrem pelos meus dedos para a tela através do tec tec que faço enquanto digito um amontoado de pensamentos e vou deixando-os tomar forma na minha frente. É quase como se eu os visse se movendo em forma de palavras e me encarando. É assim que eu tenho conseguido resolver um monte de questões por aqui. ESCREVENDO. Eu coloco o que está dentro de mim em palavras na tela (ou no papel), e então essas palavras conversam comigo de fora.

Photo by Andrijana Bozic on Unsplash


Demorou para eu entender que quando as coisas se acumulam elas precisam ser sentidas e escritas, mesmo que eu não mostre para ninguém o que foi escrito. Mesmo que eu não publique. Mesmo que tudo isso fique perdido aqui no arquivo de rascunhos do blog, são essas palavras que me desafogam.

Ultimamente eu tenho me sentido absurdamente exausta emocionalmente e isso tem me afastado de coisas que eu gosto, como o blog, por exemplo, além de outras coisas. Há alguns meses passei por um momento desses e o que me destravou foi um texto gigante que eu escrevi sobre o que eu estava sentindo. E é muito complicado tudo isso porque eu tenho dificuldade em pedir ajuda as vezes, por isso a terapia é tão importante, mas ainda assim eu continuo acumulando sentimentos e vendo eles crescerem e se misturarem, tornando mais difícil de solucionar essas questões.

Quando escrevo eu destravo, eu me empodero, eu me conheço. Quando eu escrevo eu encaro o que me incomoda ou o que me alegra, vejo de outra perspectiva, ou apenas filtro o que de fato faz sentido em tudo o que passa na minha cabeça. É através da escrita que eu cresço, que eu aprendo e que eu lido com o mundo ao meu redor.

Quais as suas ferramentas para lidar com as emoções e dilemas dessa vida? Vamos conversar sobre isso nos comentários?

Falando em comentários, um aviso aqui com um pedido de desculpas... Eu tenho alguns (muitos) comentários para responder, o que me deixa feliz por ver que as pessoas leem e querem conversar comigo aqui, porém triste porque eu não consegui responder, AINDA! Mas eu vou responder vocês, ok? Apenas tenham paciência comigo e me desculpem pela demora. Eu leio tudo e esses comentários me enchem de alegria.




Comentários

  1. Escrever é uma das melhores terapias da vida! ♥ É autoconhecimento, além de ajudar outras pessoas que pensam "nossa, a pessoa descreveu exatamente o que sinto, o que penso". E é tão legal isso, né? Também escrevo bastante e o meu blog me ajuda muito a lidar com os dias não tão fáceis e melhorar ainda mais os dias bons! =)

    Enfim, por mais posts assim e continue escrevendo porque você ajuda e nem imagina o quanto. Esse post me ajudou e me identifiquei bastante!

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  2. uma vez li uma frase que levei pra vida: "escrever é fácil... você só tem que encarar uma folha de papel até que seu cérebro comece a sangrar."

    mas realmente é uma puta terapia... escrevo desde que me entendo por gente, não à toa me tornei redatora publicitária <3

    ResponderExcluir
  3. Escrever é a maior arte que eu posso produzir. E descobri que me envolvo tanto com as palavras que emociono as pessoas. E saber que posso ser sentida, não apenas lida, é sentir que venci na vida. Em momentos de muita dor, escrever foi minha salvação. Em momentos de empolgação, escrever é a minha vaidade. Escrever, sempre.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode comentar mesmo sem possuir conta no Google, alterando para a melhor opção no menu "Comentar como:". Caso não possua uma conta à qual vincular, selecione a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando apenas com seu nome.

Use o bom senso para comentar, pois não serão aprovados comentários contendo mensagens agressivas, de baixo calão ou preconceituosas. Vamos manter uma blogosfera agradável.

Deixe o endereço do seu blog para que eu possa conhecer também!