Carta aberta para o amor do futuro

Olá,

Você ainda não me conhece, ou conhece, mas ainda não nos percebemos. Mas eu penso bastante em como vai ser nosso encontro, se vamos nos conhecer por acaso na rua, se já frequentamos os mesmos lugares, se temos amigos em comum... Talvez você já esteja nos meus dias, mas ainda não é nossa hora.

Eu fico aqui pensando em como vou me sentir quando você chegar, se vou gostar de você de cara ou se vou demorar para perceber que é com você que quero estar. As vezes me pego pensando se você já está ai, onde quer que seja, pensando essas mesmas coisas, ou se está apenas vivendo a sua vida sem sequer imaginar que nossos caminhos em algum momento irão se encontrar.

Photo by Debby Hudson on Unsplash


Espero sua chegada sem me desesperar porque não quero correr o risco de perder o timing por ter me apavorado e aceitado alguma outra proposta de algum outro alguém que não fosse você. Vai que a gente se desencontra? Eu sei que quando for você eu vou saber, nós iremos saber. Essas conexões são raras e a gente sempre sente se estiver atento.

Queria te contar um pouco sobre mim, pra que você não se assuste com tudo o que vai descobrir quando eu começar a falar (porque eu falo bastante). Eu já me machuquei muito com essa coisa de me relacionar, mas eu nunca desisti do amor. Aprendi a ser resiliente, sabe? Eu aprendi que o amor é uma das melhores coisas que pode acontecer na vida da gente, que se apaixonar é fantástico e que amar é um ato de coragem. Espero que você tenha coragem também.

Eu vou querer te conhecer e te entender, vou esperar pelo seu tempo de me contar como foi que chegou até aqui. E vou aprender com você. Vou te ensinar algumas coisas também, espero. Vou te mostrar que o amor é uma aventura e que não é certo sofrer por causa dele como os filmes e livros nos ensinaram há tanto tempo.

Vou te amar pelo que você é, vou respeitar sua história. Vou cuidar de mim também porque quando a gente se ama e se cuida, é capaz de amar e cuidar do outro. Vou te falar de signos, vou te contar minha história. Vou te apresentar meus restaurantes preferidos, meus lugares no mundo e quero conhecer os seus até a gente poder construir história suficiente para ter os nossos.

Espero que você não tenha medo, que não se assuste com meu jeito ansioso, com minha vontade de demonstrar o que eu sinto mesmo sem a certeza da reciprocidade. Espero que tenha coragem de embarcar comigo no que nos espera no futuro. Que não se prenda em inseguranças ou conveniências.

Enquanto você não chega, eu estou construindo uma história, eu estou vivendo, aprendendo e eu espero que isso não seja um problema para você, pois se for, talvez ainda não seja você a pessoa pra quem essa carta se destina. O passado é o caminho para chegarmos onde estamos. Tanto o meu, quanto o seu. Eu acredito que ele não é tão importante quando o futuro parece tão brilhante à nossa frente.

Em breve nos encontraremos, então que seja logo, que seja lindo e que a gente tenha muitas histórias para dividir quando isso acontecer!

Com amor e até logo,

Aline.




Comentários

  1. Que coisa linda Aline! Imagina entregar essa carta MESMO para o seu amor no futuro. Demais! <3

    ResponderExcluir
  2. Que carta mais sincera, Line!
    Espero, de verdade, que essa pessoa chegue logo, e que vocês possam construir uma vida feliz. <3

    Muito amor e muita paz!
    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode comentar mesmo sem possuir conta no Google, alterando para a melhor opção no menu "Comentar como:". Caso não possua uma conta à qual vincular, selecione a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando apenas com seu nome.

Use o bom senso para comentar, pois não serão aprovados comentários contendo mensagens agressivas, de baixo calão ou preconceituosas. Vamos manter uma blogosfera agradável.

Deixe o endereço do seu blog para que eu possa conhecer também!